aquário ornamental - por marina milos


Busca no site:


cartinha menu



O PEIXE BETTA


O nome científico do Betta, também conhecido como Peixe de Briga, é Betta splendens. Ele pertence à família dos anabantídeos, que tem peixes distribuídos pela África, sudeste da Ásia, Filipinas e Indonésia. Todos os membros dessa família possuem um órgão respiratório auxiliar, o labirinto, situado na cavidade branquial, o qual capacita o peixe a tomar ar da atmosfera, na superfície, e absorver o oxigênio direto do ar.

Betta rosa

O labirinto consiste de várias lamelas, que são folhas delgadas de tecido, dotadas de rica irrigação sanguínea. Esta capacidade de absorver oxigênio direto da atmosfera constinui uma vantagem em muitas zonas tropicais aonde o conteúdo de oxigênio da água é muito pobre. A maioria dos anabantídeos depende de tal forma desse método respiratório, que se não tiverem acesso ao ar atmosférico, morrem, mesmo se a água for rica em oxigênio.

O Betta é originário do Sudeste da Ásia, mas hoje em dia é amplamente reproduzido em cativeiro, e muitas veriedades novas foram desenvolvidas. O pH ideal da água deve ficar entre 6,9 e 7,1, e a temperatura entre 25 e 29° C. O Betta, como os outros anabantídeos, fica melhor em água rasa, aonde o acesso ao ar atmosférico é mais fácil, e o nível ideal varia entre 6 e 15 cm. Mesmo em aquários assim rasos, é comum o Betta se acomodar em algum enfeite ou planta na superfície do aquário, aonde ele repousa e pega ar comodamente. O aquário ideal para um betta poderia ter a água rasa, mas mais espalhada, aonde o betta teria uma área para nadar, e uma pedra para descansar bem perto da superfície. Na natureza, o Betta vive em águas paradas, a beira de lagoas de água quente, aonde ele defende um pequeno território para reproduzir.

peixe betta

Lembre-se de manter as características da água ideias, a temperatura entre 25 e 29° C, e o pH entre 6,9 e 7,1. O Betta é muito exigente em relação à temperatura, e se o tempo esfria e o aquário não tem aquecedor, o Betta começa a definhar, fica muito parado no fundo, para de comer e perde o colorido. Se o Betta for mantido por longo tempo em pH errado, tende a desenvolver hidropsia (inchaço do corpo), e se for mantido em água suja, tende a desenvolver inchaço no olho.

Os Bettas são muito agressivos entre si, e vão brigar até a morte se colocados juntos. Por outro lado, para estimular o betta vez ou outra, é interessante colocar um espelho em frente ao aquário, para que ele veja na própria imagem um inimigo invadindo o território, e se anime ao enfrentar o "outro Betta".

bateria de bettas

Em geral, o betta é mantido sozinho em aquário pequeno, hexagonal, redondo, ou tradicional de 20 ou 25 cm de comprimento. Um Betta macho poderia ser mantido permanentemente com uma fêmea em um aquário raso de 40 ou 45 cm, montado como abaixo. Atenção, alguns esconderijos devem ser mantidos no aquário para que a fêmea se esconda quando o macho ficar agressivo.

peixe de briga no aquário ideal

Para reproduzir, o betta constroi um ninho de bolhas na superfície, aonde serão colocados os ovos após a desova. Os peixes devem estar bem alimentados, a temperatura deve ser mantida na faixa mais alta, entre 28 e 30°C e, preferencialmente, a fêmea não deve ser mantida no mesmo aquário que o macho, mas em um aquário menor, encostado no aquário do macho, para que os dois possam se ver, mas ele não machuque ela, até que ela esteja com as ovas formadas para desovar. Depois de uma semana se olhando os peixes podem ser juntados no aquário maior até a desova, quando então a fêmea deve ser removida. O macho cuida da desova até o nascimento, e até o 4º dia de vida dos alevinos, quando também o macho deverá ser separado, pois pode começar a comer os filhotes. Existem alguns alimentos no mercado próprios para a alimentação dos filhotes.


facebook



cartinha